Pages

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

A Grande Sedução

Produzido em 2003 no Canadá, o filme tornou-se um fenômeno no país ultrapassando a bilheteria de blockbusters como Matrix Reloaded e O Senhor dos Anéis – As duas torres. Uma história leve, divertida e com grande apelo popular.

A ilha de Saint Marie La Mauderne e seus pouco mais de 100 habitantes parecem ter sido esquecidos pela sorte. Há 15 anos, a atividade pesqueira acabou. Os que ainda residem no local sobrevivem graças ao seguro-desemprego oferecido pelo governo. A situação pode mudar caso uma empresa decida por instalar sua nova fábrica de plástico no local, o que daria emprego a todos e faria com que a cidade novamente crescesse. A única exigência dos diretores é que o povoado tenha um médico residente. Germain (Raymond Bouchard), um dos líderes locais, tem um plano: mandar folhetos para todos os médicos de Quebéc, oferecendo a vida paradisíaca da ilha. Só que Saint Marie La Mauderne não é muito mais do que uma pilha de pedras. Porém quando Christopher Lewis (David Boutin) “aceita” conhecer o local, os habitantes da ilha decidem montar um plano conjunto, para melhorar a cidade e tornar a estadia do Dr. Chirstopher a melhor possível com o intuito de convencê-lo a assinar um contrato de 5 anos para trabalhar na ilha.

Com humor delicado, “A Grande Sedução” mostra a semelhança no modo de viver dos habitantes e o desejo que todos têm de permanecer no local onde nasceram. Os personagens que, à primeira vista, parecem caricaturas irritantes, aos poucos ganham humanidade. Alguns deles, como o caixa do banco, se mostram incrivelmente cativantes.

É verdade que a súbita mudança de eventos no final do filme é um pouco forçado, mas o restante da película é tão grande que estes acontecimentos são facilmente perdoados.

Com um bom elenco e belas imagens, é um filme inteligente, sensível, fácil de ver, fácil de entender, marcante ao ponto de não ser esquecido ao final.

2 comentários:

Anônimo disse...

VC ESTA ME SAINDO UM BOM CRITICO DE CINEMA!!! VOU SEMPRE ACESSAR SEU BLOG PARA PEGAR DICAS DE FILMES!!! GRANDE ABRAÇO
RO

BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

RESENHA SOBRE FILMES ALTERNATIVOS, ISTO É INTERESSANTE E MOSTRA INTERESSANTE POR SÉTIMA ARTE DE FATO! NÃO CURTE APENAS O MIOJOS DE HOLLYWODD!