Pular para o conteúdo principal

A-ha em BH

Finalmente chegou o dia. Após sete anos sem tocar no Brasil, o A-ha desembarcou em Belo Horizonte na noite do dia 14 de março para uma apresentação da sua turnê mundial Analogue. Com o Chevrolet Hall lotado, o show sofreu um atraso quase imperceptível de 15 minutos. Quando Morten Harket, Magne Furuholmen e Paul Waaktaar subiram ao palco o público formado na sua maioria por trintões e quarentões foi ao delírio.

Os primeiros 20 minutos foram meio mornos, mas a partir do momento que os grandes sucessos começaram a ser tocados a vibração aumentou.

O que me causou estranheza foi o contato da banda com os fãs. Somente o tecladista Magne Furuholmen interagia com a platéia. Morten com uma afinação e voz impecável pouco falou. Somente no final agradeceu o carinho do povo mineiro.

Apesar do repertório bem construído, em alguns momentos, o show soou um pouco frio, devido ao grande número de baladas em sequência e pouco conhecidas do público em geral.

Enfim, entre mortos e feridos, o A-ha e os fãs saíram no lucro. Depois de praticamente duas horas de apresentação ficou a certeza que a banda mesmo afastada das paradas de sucesso desde os anos 90, tem um público fiel e cativo no Brasil.

Abaixo as minhas músicas favoritas e que a banda tocou brilhantemente.



Stay on these roads



Crying in the rain



Take on me (para finalizar com chave de ouro)


Comentários

Rejan disse…
Não conhecia a banda ainda, escutei uma musica, e achei interessante.
Parabéns pelo blog :D

http://hell-boyy.blogspot.com/
Laura M.S. disse…
Nada melhor do q assistir a show de quem a gente curte, principalmente com bandas internacionais, sei lá, há uma vibração diferente. te espero em me ublog, até.
boom nasci nos ano 90 entao ...
hahaha

legal man
Primata disse…
o blog ta bem interessante.. bonito e tal.. apesar de eu nao gostar do tema do ultimo post... aha rs
Macaco Pipi disse…
aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
boa
nos vamos!
Anônimo disse…
Posta os links desses videos no youtube para ser possivel add no orkut.
Momentos inesqueciveis fui nesse show e gostei bastante
Gê da Boa disse…
E o Guns no Rio kkk... A-ha é show, ótima banda.
Humor do NetoO disse…
o blog ta bem legal, muita variedade de informação. o layout ta bem legal tb. so ainda n mudei omeu pq teria que mudar todos os post's.

http://humordonetoo.blogspot.com/
Pablo Plattini disse…
caramba.... iai, como foi o show?
Aki em Recife os caras vao tocar agora dia 18, so q nao consegui ingressos... esgotados...
Agora teremos tb Simple Red.. Só a sessao nostalgia... kkkk

Abração cara... parabéns pelo blog
*May Lopes disse…
A-HA eh mt show!

=)
jhon08 disse…
manin nem conhecia a banda éla até que tem musicas boas fuiz
marciozago disse…
Cara, interessante as músicas!
Não conhecia a banda! (Será q ando muito por fora do universo da música? =[ )
Bom, legal! ótimo post, vc escreve mto bem!

Passa lá no meu blog:
http://marciozago.wordpress.com/
Vlws!!!!!
Fabiano disse…
a questão é que a banda fez sucesso nos anos 80. portanto quem nao tem mais de 30 anos quase não a viu tocar. mas digo que a discrografia é mto boa, vale a pena escutar.
Carla Silva disse…
Realmente muito boa a banda !! Não conhecia ....gostei!!

bjim

http://carlinhamenina.blogspot.com/
/+/ Rafael /+/ disse…
Não gosto de musica :P
Mariana Frazão disse…
Eles vão se apresentar em Recife tbm quinta-feira, alguém comentou mais pra cima, que nasceu em 90 e por isso não conhece, sinceramente isso não tem nada haver, tenho amigos de 18 anos que amam AH-A
E se fosse assim cantores como Raul Seixas,Cazuza,Gonzaguinha,Vinicius de Moraes...estariam quase mortos na nossa vida, e na realidade estão vivissimos. Música boa não morre ar! Amei teu blog, obrigada pelo comentário no meu. beijos
Guilherme Bayara disse…
Queria ter ido! O Chrvrolet é perto da minha casa....
Mas nem deu pra ir...

Adoro o A-ha...

p.s.: Nasci nos anos 90. Idade não é desculpa.
Muito legal o A-ha, hoje eles estão em Brasilia. Pena que não pude ir. Parabéns pelo blog. Adorei. http;//advcarloseduardo.blogspot.com
Uhulll...

Obrigado...

TAva louco pra ir pro show, mas acabou não dando...

Frio ou não, são demais..

até

www.solidocomoar.blogspot.com
Leonardo Platane disse…
A-ha é uma banda sensacional, mas não tenho vontade de ir num show deles
isso sim é um grande show!
não é do meu tempo mas tenho todos os discos deles

Postagens mais visitadas deste blog

Jump Fit x Power Jump

Sou professor capacitado do Jump Fit desde 2003. Acompanhei durante esses 07 anos todas as transformações e melhorias que foram necessárias para manter o sucesso da modalidade. Nesse meio tempo, outros programas similares também foram criados provocando uma concorrência nesse segmento no mercado do fitness.
Há poucos dias um colega de profissão me convidou para fazer uma aula de Power Jump da empresa Body Systems. Já tinha ouvido falar do programa, mas nunca havia participado de uma aula. Meu contato com o Jump sempre foi com a Fit-Pró, pioneira no Brasil com esse tipo de modalidade.
Basicamente a estrutura das aulas são similares. A diferença está na forma como é realizado o aquecimento, nas pausas entre coreografias e na duração de algumas músicas. Não tive acesso ao material didático da Body Systems, porém conversei com o professor e as considerações feitas pelo mesmo me permitem fazer as minhas a respeito dos programas.
Nas aulas de Jump Fit existe uma música inteira dedicada ao aque…

Programas de qualidade na TV brasileira

A TV aberta no Brasil passa por um momento onde programa de conteúdo é cada vez mais raridade na programação. Devido ao trabalho acompanho vejo TV com mais frequência à noite e eventualmente nos finais de semana, porém prefiro acompanhar a programação dos canais fechados.
Mas como nem tudo está perdido, dou a dica de cinco programas que na minha modesta opinião vale a pena acompanhar:
1 – Profissão Repórter (Globo – 3ª feira): Uma equipe de jovens jornalistas sob o comando de Caco Barcellos, consegue levar coberturas sólidas em diferentes ângulos de uma mesma notícia. Com maestria o veterano jornalista consegue destacar o processo de profissionalização de jovens recém-formados em cada etapa da matéria, aprendendo na prática a elaborar a reportagem, desde a apuração até a edição final.

2 – A Grande Família (Globo – 5ª feira): Com um texto de primeira linha e um grupo de atores do mais alto gabarito o programa retrata de forma engraçada situações rotineiras de uma família de classe média. …

Valentin

Com pais ausentes e um ambiente familiar conturbado, Valentin é um menino imaginativo, cujo maior sonho é ser uma criança comum, com uma família de verdade. Enquanto tenta consertar as falhas em seu mundo, ele será capaz de trazer alegria, sabedoria e até mesmo romance aos adultos que o cercam.
“Valentin” é um dos filmes mais encantadores que assisti. A história nos emociona do início ao fim. Um drama inocente e cheio de esperança que ficou muito bem narrado por uma criança.
Rodrigo Noya, o protagonista, nos cativa pela sua sensibilidade e inteligência, longe de ser uma daquelas crianças prodígio chatas. O menino é um escândalo de tão bom. Valentin pode ser vesgo e usar óculos fundo de garrafa, mas enxerga perfeitamente o ponto fraco da maioria dos adultos que o cercam.
Outro ponto forte é a química entre os atores. Perfeitos dentro dos seus papéis. Destaque para Carmen Maura, como sempre brilhante em tudo que faz. Elenco nota 10.
Cinema argentino, leve, sensível e de excelente qualidade…