Pages

sábado, 17 de abril de 2010

E se fosse verdade

David Abbott (Mark Ruffalo) alugou recentemente um belo apartamento em San Francisco. A última coisa que ele gostaria era dividi-lo com alguém, mas logo surge uma jovem bonita e controladora, chamada Elizabeth (Reese Whiterspoon), que insiste que o apartamento é seu. David imagina que houve um grande mal entendido, até Elizabeth simplesmente desaparece. Ele muda a fechadura de casa mas isto não impede que Elizabeth ressurja, sempre aparecendo e sumindo como se fosse em um passe de mágica. David fica então convencido de que Elizabeth é um fantasma e passa a tentar ajudá-la a passar para o "outro lado" do pós-vida. Só que ela está convencida de que também está viva e se recusa a fazer qualquer travessia.

“E se fosse verdade” possui todos os elementos naturais que toda comédia romântica bacana deve ter: um par romântico simpático, uma boa história trágico-cômica, coadjuvantes que nos fazem rir e uma trilha sonora para embalar a produção. Porém no decorrer do filme fica a impressão de estarmos assistindo a continuação “fraquinha” de "Ghost – O outro lado da vida”.

A grande virtude do filme é não ser transformado em uma comédia do tipo “pastelona” como tantas outras, porém peca por um roteiro fraco. A grata surpresa é a atuação de Ruffalo que carrega o filme nas costas. Sua personagem ostenta uma carga dramática pesada (esposa que morreu, recomeço em outro lugar) e não faz feio.

Infelizmente o final do filme é de fazer chorar (de raiva), justamente porque desanda para o lado chichê das comédias românticas, onde todas as forças do universo conspiram para fazer com que o casal principal fique junto. Nada contra finais felizes, mas não custava ser um pouco mais sutil.

Com uma trilha sonora interessante “E se fosse verdade” é um filme que na Sessão da Tarde faria um enorme sucesso.

25 comentários:

Fábio disse...

Esse filme é muito legal ^^

Rômulo disse...

aaah, eu já assisti esse filme e adoreeei. ri muiiito! E prefiro filmes com finais felizes, pois vivenciamos tantos finais infelizes no nosso cotidianos... =/

@liiereginato disse...

gostei do blog, e concordo com você, o final é fraquinho, mais o filme em si é legal, bom pra assistir em sessão da tarde aiuoeuioeue :*

Deane disse...

Já vi mais de uma vez e acho o máximo.
Achei a combinação perfeita, ele é todo bobão, e ela uma médica inteligente cheia de si. Só que também achei o final meio meloso demais, confesso que torci pra que ela não lembrasse dele depois de ter saído do 'coma'; e assim talvez ele tentaria conquista-la de maneira diferente já que ele já sabia de muita coisa da vida dela, e iria provar aos poucos os sentimentos dele.

Enfim, não somos nós quem escrevemos né, hehe
nos resta mesmo so ficar na imaginação de um final diferente.

Vou indo, até mais Fabiano!

Caetano Lorenzetti disse...

já vi esse filme.. Concordo contigo sobre o final, pra falar bem a verdade, muitos filmes se estragam no fim.

http://analisefc.blogspot.com/

Henry Barros disse...

adoro esse filme =] muito bom

Jhonny disse...

Já ví o filme, muito bom, maneirasso ! hehehe' ,

SABRINA SATIL disse...

já vi o filme e gostei bastante, filmes tem que ter finais felizes :)

Macaco Pipi disse...

na verdade nunca vi
aehehaae

Isabella Amaral disse...

Esse filme é muito bom, embora eu não acredite nessas coisas de espiritualidade. Mas dentro da ficção até que são aceitáveis certas coisas...Muito legal mesmo.
=))


Tô te seguindo, me segue lá tbm =pp

Gui Wilhelm disse...

Não acho o filme ruim. Do contrário, é um ótimo filme bastante envolvente e, de fato, atinge o que pretendeu atingir em sua idealização.

Um filme perfeito para fazer meninas sorrirem, dando a chance de seus namorados ganharem uns beijos mais quentes, principalmente se algo neles as lembrarem do Ruffalo.

O que há de feio no clichê?! Acho que nada, principalmente em se tratando de Hollywood! Acho que o clichê é um poder isntituído... Mais uma bela montagem de "A bela adormecida"...

http://umcopoeumasprosas.blogspot.com/

Fabiano disse...

Gui, não vejo nada demais nos clichês que hollywood utiliza com frequência. aliás, praticamente todas as comédias românticas tem um final previsível. meu único senão é que nessa em específico houve forçaram demais a barra. a protagonista nem teve tempo suficiente para tentar lembrar do Rufallo. de qualquer forma, se não tiver nada pra fazer é possível alugar o filme e comer pipoca.
Abraço.

RafaelQueiroz' disse...

eu nunca assisti, mas parece interessante.

Buscando disse...

esse filme parece ser ótimo, adoro comédias romanticas.

Victória Andressa disse...

Já assisti a algum tempo atrás, e adorei. É muito interessante, mas é previsivel, porque toda comedia romantica termina do mesmo jeito.Mas se quiser uma não tão previsível assim, mas um pouco.E é drama, além de quê: Doce Novembro.
Assisti hoje, é legal.
P.s.: Prepare-se para sentir raiva.

Se quiser ler alguma coisa:
http://tacadesabedoria.blogspot.com
Estou esperando você la! ;)

Billy disse...

muito show! Parabéns pelo blog vou virar seguidor!


acesse: http://interessantes-abc.blogspot.com/

Dear Letícia disse...

Olha me deixou realmente curiosa para assistir.

http://www.dearleticia.blogspot.com/

Elton Max JG disse...

a esse filme é muito bom !

Vinícius Paulo disse...

não vi o filme, mas vou dar uma conferida...abs

Data Clipe! por Conrado Cooper disse...

ADOOOORO esse filme, a rees e o mark ruffalo sao demais, eles deviam fazer um outro filme juntos, pois tem muita quimica

Lady Marinah disse...

Esse filme é maravilhoso, totalmente perfeito!!!!!!

Nubia Reis disse...

Esse filme é muito bom! Adoooro!

E quanto o presente de aniversário da sua namorada, te garanto que uma sandalinha de R$120 linda como a da CeA pode até fazer um certo estrago no orçamento, mas nada que o sorriso dela não pague, né?! Mostra o blog pra ela! rs

Bjs

Anny disse...

Eu já vi esse filme inúmeras vezes,inclusive no cinema..qdo fui assistir acabou a energia do cinema e fiquei morta de raiva e de curiosidade,mas enfim ÓTIMO filme e hilário. rs

Ítalo Richard disse...

Eu acho esse filme fofo, são poucas comédias românticas que me atraem e essa eu gostei, muito legal! Não achei que o final pareceu clichê, achei até bem interessante. E já vi passando na Sessão da Tarde.

:)
abraço de www.todososouvidos.blogspot.com

amanda *.* disse...

eu vi esse filme é realmente muito legal concerteza faria mt sucesso na sessão da tarde *-*