Pular para o conteúdo principal

Má Educação

Assim como filmes, há diretores que agradam ou não os amantes do cinema. Pedro Almodóvar é um desses. Na minha modéstia opinião ele é um mestre e suas produções são a prova da sua capacidade de nos surpreender. Isso ocorre em “Má Educação”, lançado em 2004, uma obra prima do cinema nesse novo século.

Quando criança, Ignácio (Gael Garcia Bernal) estudou em um colégio interno católico. Lá ele sofreu abusos sexuais por parte de seu professor de Literatura, o padre Manolo (Daniel Giménez Cacho), que marcaram sua vida para sempre. Ignácio se apaixona por um colega do colégio, Enrique (Fele Martínez), que termina sendo expulso. Vinte anos mais tarde, os três personagens se reencontram trazendo a tona todo um passado de amor, abuso e sofrimento.

“Má Educação” não deixa de cutucar feridas abertas em nossa sociedade que envolve pedofilia na Igreja Católica e o homossexualismo. No filme, fantasia e realidade misturam-se de tal forma que ficamos tão perdidos quanto o personagem principal em sua teia de segredos, porém isso não impede a compreensão da história.

As tórridas cenas de homossexualismo que a princípio pode parecer desnecessárias, encaixam-se muito bem no roteiro, o que para os preconceituosos, conservadores e puritanos não passaria de mera apelação.

“Má Educação” é uma aula de cinema. Um filme magnífico, com roteiro brilhante, muito bem estruturado e com atuação impecável dos atores, inclusive os que têm participações menores. A atuação de Gael Garcia Bernal é espetacular, principalmente quando vivencia o travesti Zahara. Simplesmente imperdível!

Comentários

Macaco Pipi disse…
cara
o mundo tá perdido faz tempo
s enao começarem a investir na educação
já era
Fabiano disse…
Isso que dá comentar sem ler o post... Q comentário é esse???? Aff!!!!
Bruno disse…
Eu ri do comentário.

Cara, eu gosto muito de cinema, mas filmes do Almodóvar eu não assisto, o último que assisti foi 'Fale com ela' e não sou preconceituoso, conservador nem puritano, mas acho ele apelativo demais. Cada um sabe do que gosta, e eu sei que não gosto dele.
Luiza Shaddix disse…
pois è mais eu tento me contentar fazendo download das musicas de jimmy hendrix,pink floyd e beattles XD saco ne otimo blog o seu bjs
Miau disse…
Almodóvar é mesmo fascinante. Não é dos meus favoritos, mas eu tenho que admitir sua genialidade.
A história é bem interessante e vai permanecer por muito tempo ainda atual, adoro Almodovar e o Gael.
pisovelho.com.br disse…
Almodóvar consegue mostrar uma sociedade que não quer ser vista em seus filmes.
Realmete mt má educação hj em dia...

vista la tbm
Equipe AM.E.C

http://amesporteclube.blogspot.com
Afonso Júnior disse…
Oi! Já morei em um seminário e nunca fui abusado em minha vida... Sempre que fiz sexo por que tive vontade! Rrrrsss
Fiquei com vontade de ver este filme!
Macaco Pipi disse…
TO RINDO ALTO
ehahEAHEAHAEHAEHAEHEAHAEHEAHAEHHAEAE

SABIA Q IAM FALAR ISSO
EAHAEHEHAAE
Macaco Pipi disse…
VAMO VE
SÓ VOU BAIXAR PQ GOSTO DE FILMES
Malu Attaque disse…
Má Educação é o melhor filme do Almodóvar pra mim. Sou apaixonada com as cores e é a melhor fotografia já criada por ele! Bela crítca, adorei!

Beijos!

http://lanternadealhures.blogspot.com
Betty Gaeta disse…
Gosto muito do Almodovar e este filme é um dos mais impressionantes para mim. É uma história cruel, doída ...
Bruna disse…
gostei muito do post. vou olhar este filme, me interessei :D
Keizy Barreiro disse…
A Educação é sempre a menos cuidada, é onde a atenção não chega.
E não tinha ouvido falar sobre Almodovar, não o conheço. Maas vou procurar saber mais. *;
Marcelo L. disse…
Você se expressa muito bem!
Além de ter uma ótima sintonia.
Sucesso okay?
Abraços.
Incógnito disse…
gosto mto de cinema... nunca ouvi falar desse filme! me interessei...

Legal!
Fael...¬¬ disse…
Cara nem me fala desse filme!!!¬¬

nunca consigo assitir "Má educação" e todos os amigos falam desse filme...um dia eu assito!! um dia...

engraçado que o Almodóvar ja gerou até uma música na minha banda: "Lá película!"^^

um dia posto as músicas no meu blog lá!!!

abração!!!
Daniel Silva disse…
nunca assisti os filmes do almodóvar, devia ter vergonha de falar isso, mas é verdade.

má educação é uma das piores coisas que existem e, infelizmente, o que mais tem hoje em dia.

abraço
Guto Bittencourt disse…
muito bom o blog, parabens !
semsabor disse…
Os filmes do amodóvar são sensacionais e má educação é um dos meus prediletos
Legal demais teu blog,sucesso ;*

http://semsaboor.blogspot.com/
Camila Passatuto disse…
La mala educación...

Gosto muito do filme que realmente toca em assuntos que alguns espectadores não estão preparados, já que a maioria só está acostumada com bichos azuis e vampiros em histórias bobinhas.

Mas cinema é um veiculo formador de opinião e que Almovodar forme a minha. rsrsrsrs.
Cara, parabéns pelo post, esse filme é realmente espetacular, para quem gosta de filme cult é uma ótima opção... o Almodovar é sensacional, todos os filmes dele são bons, e querendo ou não é um filme atual, olhemos o que tá acontecendo na igreja...
Luan Silva disse…
Fabiano, estou me surpreendendo, pra ser sincero nunca assisti nem tão pouco tinha ouvido falar, mas o que me deixa surpreso é fato do filme teoricamente ser antigo (2004) e ao mesmo tempo atual, diante das polêmicas que envolve a igreja nesses últimos dias. Filme muito bom para ser usado em sala de aula.. Muito bom mesmo ! Abraços !
Fabiano disse…
Pois é Luan, esse é o grande trunfo de Almodóvar. Um cara a frente do seu tempo.
Um cara a frente do seu tempo./2
Maria Helena disse…
Nossa, nunca assisti esse filme. Fiquei curiosa agora para assisti-lo. Parabéns pelo tão bem elaborado post
galinacio disse…
Nunca vi o filme. Fiquei interessado pelo roteiro não pelo diretor....depois de ver, volto para dar a opinião....abraço

http://quemejoni.zip.net/
Arthur Montinely disse…
Rêee..... que maneiro ! nunca ouvi falar, e pelo jeito é Brasileiro né ? é um filme com fatos normais mas deve ter alguma coisa interessante...Quero ver !

http://www.arthurmontinely.blogspot.com
Jéssicaa disse…
Cheguei a ver esse filme.. Muitooo boom realmenteee! Mostra a realidade de alguns fatos que acontecem na Igreja Católica e para aqueles que criticavam o autor pelas várias criticas á Igreja, estão vendo que ele não foi nem um pouco equivocado ao relatar os abusos da instituição!! É um ótimo filme, um roteiro magníficoo!! Parabéns Fabiano pelo belo blog! Beijokaaaas ~

http://jeehsalles91.blogspot.com/
Leonardo disse…
Acho que Almodovar é o diretor junto com Woody Allen os mais sem meio termo. Quem gosta, gosta muito e quem odeia odeia de verdade.

Eu já assisti esse filme não gostei muito, mas ele tem uma qualidade incrível.
Ítalo Richard disse…
Gostei do filme, mas ele não é dos melhores que já vi do Almodóvar. O enredo e direção são muito bons. Recomendo um clássico " A Lei do Desejo" que achei muito interessante, uma loucura.

parabéns pelo blog, vou ler outros posts.

abraço, e obrigado pela visita ao meu blog.

www.todososouvidos.blogspot.com
Nathyffa disse…
Fiquei curiosa, vou conferir!
Rafael Queiroz disse…
tô baixando, já.
Cara, esse filme é um perigo para quem está sobre o muro...

mundando de assunto.
Pedro Almodovar é um demônio do cinema... o cara escreve paixões magníficas, não vejo a hora de assistir Abraços Partidos.

Já assisti:

Fale com Ela,
A Lei do Desejo,
Volver,
Má Educação
e
Tudo sobre minha Mãe.

Gosto muito do cinema do Almodovar, mas tenho medo do que o filme dele pode provocar em mentes jovens.

Enfim,
o filme é uma provocação terrível.
Fabiano disse…
Johnatan,
Quando diz que tem medo do que o filme pode provocar na cabeça dos jovens provavelmente está se referindo a temática gay, certo? Cara, se pensarmos assim filmes que retratem a violência, ou o consumo de droga, ou comédias com alto teor de sacanagem tb podem provocar algo na juventude. qto a sexualidade acho que ninguém muda a sua condição sexual por assistir um filme como esse. pode aflorar algo que esteja adormecido e que um dia iria aparecer. sinceramente acho uma hipocrisia quando algumas pessoas preferem culpar filmes, novelas por atitudes que os jovens tomam, seja ela cultural, política, social, religiosa ou sexual. a homossexualidade é algo que faz parte da nossa sociedade e cabe a cada um de nós tentar lidar com isso da melhor forma possível. se não concorda com a condição do indivíduo que ao menos respeite o mesmo. por isso almodóval é tão apaixonante, ele consegue chegar nas feridas de uma sociedade que se diz cada vez mais justa e que na verdade é preconceituosa ao extremo.
valeu pelo comentário que provoca um discussão saudável.
abraços.
Dayse Lima disse…
olha nunca assisti esse filme não, mas depois dessa super propaganda acho qe vou ver, SHAUHSUAHSHUHHU..
to virando frequentadora assidua do seu blog tá vendo! rss
Abraços ;*
Culpar filmes não é suficiente, e somente isso pode ser sim considerado hipocrisia. Acredito que há uma influência enorme na massa jovem, desconsiderando as poucas exceções que fazem e tornam-se aptos para uma visão crítica.

Não condeno o homossexualismo e as influências decorrentes pelos canais culturais. Gosto do Almodóvar intimista, não no alter-ego de fazer filmes quase biográficos e da preferência dele.

Má Educação é uma arte como qualquer outra que imita a vida, imita e provoca. Provoca uma rebeldia e um apelo da sociedade está errada, e não o individuo.

Viva as diferenças? Viva!
Viva a não-adaptação? Não.
Deve-se adptar. Mas uma sociedade sem memória e valores fixos não cabe com nome de SOCIEDADE!
nunca vi o filme
Acho que se colocasse aqui,meus familiares iam mandar fechar...

preconseito puro

eu num tenho pois ja convivi com pessoas homossexuais...>.<

mas se eu pudesse assistiria!
Jordania disse…
hum, do estilo que eu ia gostar. a questão de "CUTUCAR" as feridas da nossa sociedade.
Adoro, vou procurar pra mim assistir.
Abraçoss
gostei do Blog!!!!!!!!!!!!!!
AH comentei no post anterior.
tem gente que não gosta que coment em post anterior, por issso estou avisando !
abraços
Nelton disse…
Ainda não assisti a esse filme, mas até por ser do Almodóvar, está na minha lista. Vou continuar visitando seu blog.
Karla Hack disse…
Eu sou fã incondicional de Almodóvar.. Adoro a visão única, as cores, o diferencial dele...
Gostei muito deste filme, e uma boa pedida na atualidade e os escândalos com a igreja+pedofilia... O gael ymb está fantástico no papel.
faz mó tempo q estou com esse filme aqui pra assistir...vou assistir e depois comentar aqui!
http://cenaplanosequencia.blogspot.com/
Andressa Alkeen disse…
Só nos resta investir na educação .. estou te seguindo .. :D .. adorei o blog ..

Postagens mais visitadas deste blog

Jump Fit x Power Jump

Sou professor capacitado do Jump Fit desde 2003. Acompanhei durante esses 07 anos todas as transformações e melhorias que foram necessárias para manter o sucesso da modalidade. Nesse meio tempo, outros programas similares também foram criados provocando uma concorrência nesse segmento no mercado do fitness.
Há poucos dias um colega de profissão me convidou para fazer uma aula de Power Jump da empresa Body Systems. Já tinha ouvido falar do programa, mas nunca havia participado de uma aula. Meu contato com o Jump sempre foi com a Fit-Pró, pioneira no Brasil com esse tipo de modalidade.
Basicamente a estrutura das aulas são similares. A diferença está na forma como é realizado o aquecimento, nas pausas entre coreografias e na duração de algumas músicas. Não tive acesso ao material didático da Body Systems, porém conversei com o professor e as considerações feitas pelo mesmo me permitem fazer as minhas a respeito dos programas.
Nas aulas de Jump Fit existe uma música inteira dedicada ao aque…

Programas de qualidade na TV brasileira

A TV aberta no Brasil passa por um momento onde programa de conteúdo é cada vez mais raridade na programação. Devido ao trabalho acompanho vejo TV com mais frequência à noite e eventualmente nos finais de semana, porém prefiro acompanhar a programação dos canais fechados.
Mas como nem tudo está perdido, dou a dica de cinco programas que na minha modesta opinião vale a pena acompanhar:
1 – Profissão Repórter (Globo – 3ª feira): Uma equipe de jovens jornalistas sob o comando de Caco Barcellos, consegue levar coberturas sólidas em diferentes ângulos de uma mesma notícia. Com maestria o veterano jornalista consegue destacar o processo de profissionalização de jovens recém-formados em cada etapa da matéria, aprendendo na prática a elaborar a reportagem, desde a apuração até a edição final.

2 – A Grande Família (Globo – 5ª feira): Com um texto de primeira linha e um grupo de atores do mais alto gabarito o programa retrata de forma engraçada situações rotineiras de uma família de classe média. …

Valentin

Com pais ausentes e um ambiente familiar conturbado, Valentin é um menino imaginativo, cujo maior sonho é ser uma criança comum, com uma família de verdade. Enquanto tenta consertar as falhas em seu mundo, ele será capaz de trazer alegria, sabedoria e até mesmo romance aos adultos que o cercam.
“Valentin” é um dos filmes mais encantadores que assisti. A história nos emociona do início ao fim. Um drama inocente e cheio de esperança que ficou muito bem narrado por uma criança.
Rodrigo Noya, o protagonista, nos cativa pela sua sensibilidade e inteligência, longe de ser uma daquelas crianças prodígio chatas. O menino é um escândalo de tão bom. Valentin pode ser vesgo e usar óculos fundo de garrafa, mas enxerga perfeitamente o ponto fraco da maioria dos adultos que o cercam.
Outro ponto forte é a química entre os atores. Perfeitos dentro dos seus papéis. Destaque para Carmen Maura, como sempre brilhante em tudo que faz. Elenco nota 10.
Cinema argentino, leve, sensível e de excelente qualidade…