Pages

sábado, 22 de maio de 2010

Carrie, a estranha

Carrie White (Sissy Spacek) é uma jovem dotada de poderes extra-sensoriais que é rejeitada por todos, inclusive por sua mãe uma religiosa fervorosa e enlouquecida. Durante a festa de formatura do colégio, é ridicularizada pelos colegas. A partir de então, uma série de violentos assassinatos começam a acontecer envolvendo os poderes telecinéticos de Carrie. Todos causados pelo seu desejo de vingança.

Quando se assisti um filme rodado há mais 30 anos é preciso fazer uma análise bem profunda para não ser injusto com os diretores. Na época, “Carrie, a estranha” foi considerado um clássico do suspense (ou terror, como preferir) com efeitos especiais que são condizentes com a tecnologia que Hollywood possuía. Foi duramente criticado por seu excesso de violência e até hoje muitos consideram ser um clássico do gênero.

Acredito que clássico mesmo da época foi “O Exorcista” rodado três anos antes, este sim um filme de terror para ninguém botar defeito. Mas isso é assunto para outro post.

O roteiro do filme peca por apresentar diálogos completamente desnecessários, sequências que ficaram mal explicadas, além de cenas de nudez que não tem nenhum sentido na história. Se pensarmos bem, nada muito diferente dos filmes de terror trash que são produzidos atualmente.

Porém não pode negar que a trilha sonora é um dos pontos altos da história. Algo bem peculiar em filmes do gênero.

Apesar de “Carrie, a estranha” não botar medo em mais ninguém, é um ótimo filme para se discutir a prática de bullying nas escolas e como o mesmo pode deixar marcas profundas em quem é o alvo das perseguições dos colegas.

27 comentários:

Valentin Trevizani, Rafael Pandolfi disse...

Cara,
Nunca assisti Carrie a estranha, mas meu amigo me indicou.
Fui ao cinema e vi Carrie 2, provavelmente deve ser do mesmo filme, Carrie a Estranha 2.
Quando a oportunidade chegar, conserteza irei assisti-lo, afinal, os melhores filmes, são os de antigamente.
Estou ti seguindo também, e um blog sobre livros, filmes e música, acredite... É SEMPRE BEM-VINDO.

deborestt o BLOG disse...

nunca assistii o mesmo, mas irei procurar pra download, sou fascinado por filmes de terror, sucessoo manolo =D

laisa disse...

nunca assisti o filme, mas como uma aficcionada pelo tema, vou procurá-lo na net, já q na minha cidade naum vai rolar um filme dessa época, obrigada pela dica!!

Flavinha Rezende disse...

apesar de não ter assistido, achei interessante a análise.
e pelo jeito, hoje ele poder ser msmo usado como material pedagogico para instruir as crianças ,adolescentes e até msmo adultos sobre bulliyng!

Byll disse...

Ainda naum vi, mas preciso é quero ver esse filme..agora empolguei.

thplacebo disse...

ja ssisti tanta vezes a esse filme...
eu tenho uma tradição todo sexta fera 13 assisto alguma versõa de carrie a antiga ou a mais recente não por achar que seja um filme terror porq pra mim ele passa longe disso mais porq eu gosto dele mesmo....
beijim

Cristiano Contreiras disse...

Um ótimo filme, atuação inesquecível de Sissi...e eu acho o argumento dele ainda bastante atual. É claro que O Exorcista ganha, em vários aspectos, mas este não acho que envelheça mal não,
abs

buiu/lucas disse...

estou louco para assitir esse filme parece ser bem loko

http://diariodealunos.blogspot.com/

deborestt o BLOG disse...

é velhinho foi uma boa dica rsrsrsrsrs'

Victória Andressa disse...

Se eu fosse voce não afirmava que não mete medo em ninguem, porque essa pessoa que esta escrevendo é a mais MEDROSA DA FACE DA TERRA (para dar uma ideia:fiquei 2 semanas com medo de ficar sozinha porcausa de 6º sentido).
Então, não quero me certificar com meus proprios olhos se o que voce esta falando é verdade. Eu prefiro que esteja, e pronto. hahaha.
Adoro adoro seu blog!

http://tacadesabedoria.blogspot.com/
Se quiser ler algo!

Steffi de Castro disse...

Primeiro, essa de que não bota mais medo em ninguém é piada, em mim bota! kkkk'
mas voltando, concordo com você, pra mim é e sempre será um ótimo filme, tanto na parte tecnológica quanto na história, por retratar, de uma forma um pouco exagerada, claro, os problemas que acontecem na escola...

daniela-alves disse...

nuunca assisti o filme, mais vou procurar ver, adorei a descrição qe vc fez *-*

Rafael Queiroz disse...

cara, voce gosta de cinema, hein? KK'

gostei da sua análise do filme, vô procurar assistir (:

Fabiano disse...

Victória, vai por mim, o filme não mete medo em ninguém mesmo... hehehehe... pode ver sem medo algum.

Rafael, gosto sim cara. assisto de tudo. ai coloco aqui minhas impressões para dar uma dica para a galera.

Agradecendo todos os comentários.

Patrícia V.S disse...

Eu não gosto desse filme não, mais já assisti.
Eu acho que se colocar esse filme em escolas os alunos ficaram ''traumatizados''. HUHASUHASAAS Mas, realmente pode servir como lição para aqueles que gostam de debochar, chatear os colegas.

obg por ter comentado pela terceira fez no meu blog Fabiano ;*

Yordan Cavalcanti disse...

Veio
num sei se foi esse que eu assisti no corujão

mas se for
é um filme do carai

Luan dos Santos disse...

a capa da entender algo satanico

Carolina disse...

opa.... sou cinéfila ! hehe...
Esse gênero trash causa diversas impressões nas pessoas... acho que Carrie ainda é um filme 'inocente' se compararmos a outros, da safra moderna, estilo jogos mortais.. não curto torturas física e psicológica... Mas como vc disse, Carrie deixa uma reflexão no ar sim, por mais trash que possa ser..rsrs.. abraço.

Wy disse...

Carrie é classico!
É interessante ver como a realidade continua a mesma 30 anos depois.
Espero que nunca façam um remake.

Jé. disse...

Adoro filmes de terror.
Esse é bem interessante,mas não sei se teria coragem de assistir a noite :)

Obrigada pela visita e pelas boas vindas no meu blog.

Adorei o seu.

Beijo :*

Thamyzinha Iwasaki disse...

Esse filme me fez chorar nas duas versões...
Mostrou o bolignt
coisas que acontecia dentro de escola...
Bem feito ela ter se revoltado...
Só gostei porque ela morre no final... na outra versão...
Na segunda ela vai embora disfarçada!...

Karla Hack disse...

Eu adoro demais este filme.. acho um clássico do terror! E realmente trata do Bullying... Algo super em voga e que há muito já deveria ter sido eliminado!
Nâo gostei das sequências/refilmegens que foram feitas... Mas o Filme original com a Sissy é ótimo!

Felipe disse...

Mara esse filme
acho que ta certo
ela ter sido vingativa :///

Anônimo disse...

Não tem nem como comparar o livro com o filme!

Esse filme FEDE!!!

Lendo o livro, conforme voce vai chegando ao final, é impossível parar de ler...no livro voce consegue acompanhar e se envolver em toda a fúria e desejo de vingança que a Carrie tinha e acompanha passo a passo a Carrie destruindo toda Chamberlain enquanto os bombeiros não conseguiam fazer nada para controlar a situação.
E a parte em que a mãe da Carrie morre enquanto lia sermões da biblia pra "exorciza-la" assim como quando a Carrie é encontrada praticamente morta pela Sue e as duas fazem a "conexão-mental" é outra coisa completamente fora do comum.


Agora aquele final do filme de 1976 é absurdamente RIDÍCULO!!! O fato da Carrie ja sair da escola sem ninguem fugir com ela é tosco e da pra ver claramente no filme que a Carrie não alcança um estado de loucura tão grande quanto o que voce pode acompanhar no livro.
Carrie volta pra casa, toma um banho e fica limpinha com todas as ideias na cabeça antes da mãe dela tentar mata-la e isso foi realmente podre! Não tem nem comparaçao com o fato dela parar na igreja para rezar enquanto destruia a cidade inteira (fato contado apenas no livro)
E aquele final com a Sue traumatizada, RIDICULO!!!
no livro a Sue escreve um livro e ainda é acusada de ter levado a Carrie a cometer todos aqueles assassinatos.

Terminando, o filme não conseguiu representar METADE do que o livro realmente é
Quem só assistiu o filme de 1976, fez besteira de não ter lido o livro primeiro, pq é fantastico o quanto a obra consegue prender o leitor

OBS. Li o livro e ja assisti o filme logo em seguida assim que consegui baixa-lo da internet
OBS2. Não vou comentar sobre o Carrie de 2002 porque me recuso a assistir a um filme cujo final Carrie vai morar com Sue


Alias
Não é a primeira decepção que tive com um livro de Stephen King (GENIO) passado para filme thrash.

Leiam Christine e depois assistam a adaptação para filme

Tiraram personagens importantissimos e inclusive o final fantastico da obra



Abraços a todos!!

Adonai disse...

Tem que ser muito cagão pra ter medo de "Carrie,A Estranha".

khet burning disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
khet burning disse...

achei pouco a punicao por mecher com carry ,ela deveria torturalos ate matar para que eles sintam muita dor muita dor mesmo.ei gente visitem meu blog csiultrajumpblog.blogspot.com