Pular para o conteúdo principal

Frio? Vamos malhar!

O inverno chegou e uma grande parte dos alunos deixa de realizar uma atividade física devido ao frio. Como o nessa época do ano o nosso corpo fica mais coberto por roupas pesadas, as gordurinhas localizadas ficam menos evidentes, com isso a preocupação de ter um corpo saudável fica em segundo plano.

Há um bom tempo atuando em academias, a experiência mostra que muitas pessoas, principalmente as mulheres, entrarão em desespero quando no verão, os casacos forem trocados por roupas mais leves, biquínis ou sungas.

Os alunos precisam ter consciência que a prática regular de atividade física tem que se tornar um hábito em suas vidas.

O profissional de Educação Física não é mágico. Perda de gordura corporal, ganho de massa muscular é adquirido com treinos a médio e longo prazo. Muitas pessoas acabam utilizando de subterfúgios para conseguir os objetivos de forma rápida, mas na maioria das vezes as conseqüências são desastrosas.

Portanto, mesmo com esse frio, agasalhe-se e vá praticar uma atividade física. Em poucos meses o verão estará aí e com certeza o seu professor de Educação Física não saberá operar um milagre na sua vida.

Comentários

Karla Hack disse…
Tem razão!!
No frio precisamos ainda mais manter um ritmo de atividades físicas constante!
Senão o corpo não aguenta .... Tadinho!
;D
Leticia disse…
respondendo seu comentario no meu bg : não precisa mais ser uma interrogação na sua cabeça...pq é verdade..aconteceu comigoo..é sériooo..eu nunca acreditei q existisse mesmo o ponto g e acontecesse como na foto..até que tentei e vi que é verdade e é mtoo bommmmm...rsrsrsr...Ah..seu blog é fóda...adorooo vim aki... e quanto ao seu post...vms malhar mesmo que o frio ta matandooo..e malhar é mto bom :) igual ao ponto G..hauiehuiahe
É bom correr no frio, esquenta!
Valeu Fabiano

bjos
Rodrigo Celi disse…
no frio é até mais gosto de se malhar
Ralf e Pri disse…
sou uma sedentária incurável, fujo de execícios, qualquer que sejam como o diabo foge da cruz. quem gosta de academia é o ralf. ^_^
mas um dia desses quem sabe né

Pri
Tascio disse…
pouts...malhar nesse frio é complicado mesmo...mas o jeito é num perder o pique...vamo que vamo!!!
Arthur D'mello disse…
se exercitar nesse frio é complicado, mal dá vontade de ir para faculdade :X
Lockerz Download disse…
Eu malho todo dia...e olha que aqui no sul ta frio ein.
Concordo, agora é a hora de malhar! Pode ser feito meses de treino tranquilo até o verão e não precisando um treino muito carregado em poucos meses.
M!sunderstood disse…
Ahhh que nada, não deixo de fazer 1hora na esteira por nada, com frio ou sem frio tudo tem que ficar no lugar....rsrrs

http://reflexo-da-alma.blogspot.com
Oh cara, parabéns pela postagem.. Independente de estar frio ou calor, to tentando ganhar peso e não consigo.. Oh tristeza viu...

Bem, finalmente fiz o post sobre o prêmio e como sou fâ do teu blog, te indiquei como um dos meus preferidos, aí segue o link

http://thiagobatticelli.blogspot.com/2010/06/premio.html

E parabéns novamente pelo blog!!
ha gostei da materia !!!

Um abração

Postagens mais visitadas deste blog

Jump Fit x Power Jump

Sou professor capacitado do Jump Fit desde 2003. Acompanhei durante esses 07 anos todas as transformações e melhorias que foram necessárias para manter o sucesso da modalidade. Nesse meio tempo, outros programas similares também foram criados provocando uma concorrência nesse segmento no mercado do fitness.
Há poucos dias um colega de profissão me convidou para fazer uma aula de Power Jump da empresa Body Systems. Já tinha ouvido falar do programa, mas nunca havia participado de uma aula. Meu contato com o Jump sempre foi com a Fit-Pró, pioneira no Brasil com esse tipo de modalidade.
Basicamente a estrutura das aulas são similares. A diferença está na forma como é realizado o aquecimento, nas pausas entre coreografias e na duração de algumas músicas. Não tive acesso ao material didático da Body Systems, porém conversei com o professor e as considerações feitas pelo mesmo me permitem fazer as minhas a respeito dos programas.
Nas aulas de Jump Fit existe uma música inteira dedicada ao aque…

Programas de qualidade na TV brasileira

A TV aberta no Brasil passa por um momento onde programa de conteúdo é cada vez mais raridade na programação. Devido ao trabalho acompanho vejo TV com mais frequência à noite e eventualmente nos finais de semana, porém prefiro acompanhar a programação dos canais fechados.
Mas como nem tudo está perdido, dou a dica de cinco programas que na minha modesta opinião vale a pena acompanhar:
1 – Profissão Repórter (Globo – 3ª feira): Uma equipe de jovens jornalistas sob o comando de Caco Barcellos, consegue levar coberturas sólidas em diferentes ângulos de uma mesma notícia. Com maestria o veterano jornalista consegue destacar o processo de profissionalização de jovens recém-formados em cada etapa da matéria, aprendendo na prática a elaborar a reportagem, desde a apuração até a edição final.

2 – A Grande Família (Globo – 5ª feira): Com um texto de primeira linha e um grupo de atores do mais alto gabarito o programa retrata de forma engraçada situações rotineiras de uma família de classe média. …

Valentin

Com pais ausentes e um ambiente familiar conturbado, Valentin é um menino imaginativo, cujo maior sonho é ser uma criança comum, com uma família de verdade. Enquanto tenta consertar as falhas em seu mundo, ele será capaz de trazer alegria, sabedoria e até mesmo romance aos adultos que o cercam.
“Valentin” é um dos filmes mais encantadores que assisti. A história nos emociona do início ao fim. Um drama inocente e cheio de esperança que ficou muito bem narrado por uma criança.
Rodrigo Noya, o protagonista, nos cativa pela sua sensibilidade e inteligência, longe de ser uma daquelas crianças prodígio chatas. O menino é um escândalo de tão bom. Valentin pode ser vesgo e usar óculos fundo de garrafa, mas enxerga perfeitamente o ponto fraco da maioria dos adultos que o cercam.
Outro ponto forte é a química entre os atores. Perfeitos dentro dos seus papéis. Destaque para Carmen Maura, como sempre brilhante em tudo que faz. Elenco nota 10.
Cinema argentino, leve, sensível e de excelente qualidade…