Pages

domingo, 25 de julho de 2010

O CIRCO da Fórmula 1

O que leva um esportista a deixar de lutar por uma vitória quando se disputa uma competição? Como ex-atleta amador fico incomodado ao ver conchavos para que se favoreça uma equipe ou atleta. A grande beleza do esporte é a vontade de chegar ao ponto mais alto do pódio, a conquista de pontos importantes para ser um campeão.

Nessa linha de raciocínio o que dizer sobre o absurdo ocorrido no Grande Prêmio de Fórmula 1 da Alemanha, onde Felipe Massa foi obrigado a deixar que seu “companheiro” de equipe vencer a prova. Depois de Barrichello foi a vez de Massa se sujeitar a mais uma maracutaia desse esporte mais conhecido como circo, onde nós torcedores somos os palhaços.

O pior é ver as explicações do piloto brasileiro dizendo que a atitude foi em prol da equipe. Que se dane a equipe. Antes de tudo ele representa um país. Isso é típico de esportistas perdedores. Tenho vergonha de brasileiros como os citados que se sujeitam a tais práticas.

Duvido que Senna compactuasse com situações como essa. Aquele sim era um orgulho brasileiro. Bons tempos!

13 comentários:

Luiz Brisa disse...

eu acho q esse ano p/ brasileiros ja acabo

lopes disse...

Que saudades do Ayrton Sena!

Pra mim o que leva um esportista a desistir da vitoria são os seus contratos milhonarios... E isto não tem acontecido só na Formula 1.

Lamentável!

http://identidade-cultural.blogspot.com/

FILhote disse...

tah cada vez mais ridiculo isso
perde a graca assistir una competicao
en que nao ha competicao
patetico

Jamile Fernanda disse...

Concordo com o lopes o interesse financeiro, muitas vezes fala mais alto!

Aline disse...

O Dinheiro pra eles é mais importante do que qualquer vitoria.

Eduardo o/ disse...

uma hora cansa


simples

e infelizmente

http://oarlecrim.blogspot.com/

jaka disse...

O importante é correr, e pra isso tem que ter equipe com excelente nivel e se sujeitar às suas artimanhas, pq quem vence a corrida eh sempre a equipe, nao depende so do piloto!

Carlos Alberto Mota Candreva disse...

é péssimo quando o dinheiro falo mais alto do que a conquista...

Guilherme D. Dutra disse...

Ehh Brasil esse ano.. deixa pra proxima :B hauhauhau

Bom blog velho! Bom post! Parabens.

Gui Dutra
http://guilhermeddutra.blogspot.com/

Salete Corrêa disse...

Esse ano as coisas estão escancaradas na F1, tudo na cara, as intrigas, as escolhas, as estratégias, e no meio disso tudo a falta da ousadia, e qundo ousado, inconsequente. Talvez fosse preciso escancarar as feridas para curá-las. Que a F1 aprenda com isso!

Visite o meu: http://pontapedepartida.blogspot.com/

OGROLÂNDIA disse...

Na época em que eu via fórmula 1 não tinha disso. havia brigas históricas dentro das próprias equipes.
Hoje perdeu-se isso.
Pensando em um conceito de equipe, em que se deve buscar um resultado por equipe, a coisa se torna menos chocante.
com tanto dinheiro envolvido acho que a tendência da fórmula 1 vai ser essa mesmo.
um corredor principal e outro, sendo que o segundo, assim digamos, teria que abrir mão de posições para o principal.

Tititiecia. disse...

Ahh realmente, isso é terrível. O brasil, é quase impossivel ganhar.. Mais tem chances! Sabe, não culpo o Felipe Massa não! mais sei lá né?

:S
beijos, das meninas TT
http://revistatudoteen.blogspot.com/

Rafael disse...

foi ridiculo isso. Claro que a Ferrari tava colocando seus interesses em jogo. Mas isso fere o esporte e tbm a carreira de ambos os pilotos, pois desmerece a vitoria de Alonso mostrando que ele nao teria capacidade de ultrapassar o Felipe e do proprio Felipe que deixa de vencer e permitiu confirmar a historia de que apenas e o piloto numero 2. Mesquinharia de quem ja foi um vice campeão do mundo..

acessa ai http://www.leontextos.blogspot.com