Pular para o conteúdo principal

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

Quem está acostumado a ver somente filmes americanos, provavelmente vai estranhar. O filme não tem as cenas de carros correndo em alta velocidade e explodindo no final, não tem um soldado americano salvando a Terra de um ataque terrorista. É um filme francês, mas não monótono com os dessa nacionalidade.

Amélie (Audrey Tautou) vive em Paris, em seu mundinho particular. Trabalha como garçonete em um pequeno café e mora em um apartamento alugado onde vive suas fantasias. Porém, sua vida sofre uma transformação radical no dia em que descobre em seu apartamento, uma antiga caixa cheia de objetos infantis. Empolgada, assume a missão de encontrar o seu dono e essa jornada irá conduzi-la a um mondo novo, excitante, cheio de aventuras e esperança.

“O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” é um filme simples, apresentado com muita criatividade em seus detalhes, desde a história, trilha sonora, edição e fotografia. É sutil, envolvente, cômico na medida certa, romântico sem ser piegas. A personagem central é a heroína sem espadas e poderes, com seu senso de justiça comove o espectador e o diverte.

Fabuloso Destino é realmente fabuloso principalmente no que ser refere ao visual. A fotografia é belíssima, bem trabalhada, rica em detalhes e muito colorida. Sem dúvida é um dos grandes destaques do filme.

Uma fábula moderna, contada com humor e magia. Amélie é um sonho bom do começo ao final. Se aparentemente o enredo não tem peso: uma criança infeliz que cresce solitária, após as duas horas de duração percebemos que é mais que isso, é o desejo de ver as pessoas felizes, mesmo as que desconhecemos.

Ótimo filme!

Comentários

Karla Hack disse…
Esta fábula moderna é indicutivelmente encantadora!
Já perdi as contas de quantas vezes já revi est5e filme!
Excelente dica!
;D
Kah disse…
Nunca tinha visto o filme. Agora que vi sua crítica, estou louca para vê-lo. Adoro filmes assi, me lembram clássicos. :D
musicpris disse…
oi fabis

ja assisti amo esse filme, mas ñ é uma fabula ñ bj
MikaelMoraes disse…
vou tentar ver

parabéns pelo blog, continue nos dando dicas

nos visite tmbm e retribua o comentário se possível

http://mikaelmoraes.blogspot.com
Fabiano disse…
Musicpris,

Acredito que seja uma fabula porque no final existe uma liçao de moral. Isso é uma fábula. Digo moderna pq os personagens não são animais e sim seres humanos com todas as qualidades e defeitos.

Abraços.
Vanessa disse…
Já ouvi falar, e o vi muito bem recomendado. É bom sair dos padrões de vez em quando. Quando todos os filmes acabam falando sobre as mesmas coisas, sem surpresas, as pessoas acabam enjoando.
Valeu a dica (:

www.vanessafunnygirl.blogspot.com
Pamela Kenne disse…
Parece ser um filme muito bom, adoro esse tipo de filme. Obrigada pela dica, com certeza vou olhar.
Beeijos
Adoro esse filme, é extremamente encantador. As cores o diferenciam de qualquer outro filme e torna-o tão interessante e único. Adorei do inicio ao fim.
Queria saber dar esse sorriso de canto de boca de Audrey Tautou, acho uma graça.
A França produz vários filmes muito bons, mas não são muito conhecidos porque nós só damos prioridade aos norte-americanos porque achamos por algum motivo que tudo o que vem dos Estados Unidos seja bom.
Acho a lingua francesa um charme, rsrs. Sei arranhar um pouquinho mas um dia ainda saberei (fuga parcial do assunto)

ADORO ADRORO ADORO o seu blog, mil parabéns!

http://tacadesabedoria.blogspot.com/
Pontes disse…
Eu vi o início desse filme, mas não gostei nem um pouco e acabei desistindo de assistir ao resto.
Loverocklive disse…
Já ouvi falar bastante desse filme, mas ainda não assisti, mais uma oportunidade que tenho para procurar e ver de uma vez por todas.
Sua maneira de se expressar foi na medida certa, pois você não influenciou demais os leitores com a sua opinião, porem não deixou de deixar muitos curiosos para ver este filme, inclusive eu. rs
Parabéns! (:

se puder, http://nadadefantasias.blogspot.com/
WilL Duarte disse…
ultimamente não tenho visto tantos filmes americanos, estou abrindo bem mais o meus horizontes para a 7º arte em outros países, coisas que a pouco tempo não fazia. é quando se abre mais o horizonte é que se percebe que tem muita mais cinema além de Holywood, é cinema de qualidade.
Gostei bastante da sipnose que você fez e sem dúvida quanto tiver a oportunidade vou ver esse filme.
Biianca <33' disse…
acho que tenho esse filme aqui em casa... qualquer dia, eu assisto , rs.
Rogerio disse…
afinal os bons filmes não são dos americanos...temos que dar valor para filmes de outros paises...
Dayane Pereira disse…
Filme muuuuitoooo fofo e lindo mesmo! Amo filmes simples assim, e tocantes!
BSbritney disse…
Fabula moderna,legal, mais prefiro as masi asntigas e classicas..
ja sigo seu blog, segue o meu tbm?
http://piecepop.blogspot.com/
Sophie disse…
É, eu ja tinha visto esse, e eu ameei

Recomendo!! E seu blog ta muito bom, parabens!!
Pedro disse…
Parece ser bastante legal, eu nunca assisti. Na verdade quase nem vejo filmes!
L.aiila Hyses disse…
Haaaaaa, eu amo esse filme é o meu 2º filme preferidoo *o* só perde pra "Let the right on in" eu o recomendo a todos mesmo. é tao lindo aii ate me da coisinha na bariiga de lembrar eu acho que vou ver ele hoje de novo kk's fiquei com vontade. Parabens pelo blog ;D
adooro quando fazem voas recomendaçoes as pessoas ja tem que se desprender dos filmes gringos sao muito comercias e me desesperao na minha opiniao o cinema frances éo melhos e depois o sueco e o holandes ;D
Pris Reis disse…
Fabiano,

só hj vi q vc havia tirado minha dúvida sobre uma "fabula" pow

MUITO OBRIGADO !!

Pris Reis
Cíntia disse…
Esse filme é muito bom, tem uma magia que encanta, sei lá, sempre gosto de lembrar dele.

Postagens mais visitadas deste blog

Jump Fit x Power Jump

Sou professor capacitado do Jump Fit desde 2003. Acompanhei durante esses 07 anos todas as transformações e melhorias que foram necessárias para manter o sucesso da modalidade. Nesse meio tempo, outros programas similares também foram criados provocando uma concorrência nesse segmento no mercado do fitness.
Há poucos dias um colega de profissão me convidou para fazer uma aula de Power Jump da empresa Body Systems. Já tinha ouvido falar do programa, mas nunca havia participado de uma aula. Meu contato com o Jump sempre foi com a Fit-Pró, pioneira no Brasil com esse tipo de modalidade.
Basicamente a estrutura das aulas são similares. A diferença está na forma como é realizado o aquecimento, nas pausas entre coreografias e na duração de algumas músicas. Não tive acesso ao material didático da Body Systems, porém conversei com o professor e as considerações feitas pelo mesmo me permitem fazer as minhas a respeito dos programas.
Nas aulas de Jump Fit existe uma música inteira dedicada ao aque…

Programas de qualidade na TV brasileira

A TV aberta no Brasil passa por um momento onde programa de conteúdo é cada vez mais raridade na programação. Devido ao trabalho acompanho vejo TV com mais frequência à noite e eventualmente nos finais de semana, porém prefiro acompanhar a programação dos canais fechados.
Mas como nem tudo está perdido, dou a dica de cinco programas que na minha modesta opinião vale a pena acompanhar:
1 – Profissão Repórter (Globo – 3ª feira): Uma equipe de jovens jornalistas sob o comando de Caco Barcellos, consegue levar coberturas sólidas em diferentes ângulos de uma mesma notícia. Com maestria o veterano jornalista consegue destacar o processo de profissionalização de jovens recém-formados em cada etapa da matéria, aprendendo na prática a elaborar a reportagem, desde a apuração até a edição final.

2 – A Grande Família (Globo – 5ª feira): Com um texto de primeira linha e um grupo de atores do mais alto gabarito o programa retrata de forma engraçada situações rotineiras de uma família de classe média. …

Valentin

Com pais ausentes e um ambiente familiar conturbado, Valentin é um menino imaginativo, cujo maior sonho é ser uma criança comum, com uma família de verdade. Enquanto tenta consertar as falhas em seu mundo, ele será capaz de trazer alegria, sabedoria e até mesmo romance aos adultos que o cercam.
“Valentin” é um dos filmes mais encantadores que assisti. A história nos emociona do início ao fim. Um drama inocente e cheio de esperança que ficou muito bem narrado por uma criança.
Rodrigo Noya, o protagonista, nos cativa pela sua sensibilidade e inteligência, longe de ser uma daquelas crianças prodígio chatas. O menino é um escândalo de tão bom. Valentin pode ser vesgo e usar óculos fundo de garrafa, mas enxerga perfeitamente o ponto fraco da maioria dos adultos que o cercam.
Outro ponto forte é a química entre os atores. Perfeitos dentro dos seus papéis. Destaque para Carmen Maura, como sempre brilhante em tudo que faz. Elenco nota 10.
Cinema argentino, leve, sensível e de excelente qualidade…