Pages

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

O vigarista do ano

Clifford Irving (Richard Gere) é um ambicioso escritor que tenta se firmar no mercado. Há muito tempo ele procura sem sucesso uma grande história para contar, até que decide criar uma sobre alguém real. O escolhido é Howard Hughes, um excêntrico milionário que há mais de uma década não aparece em público. Sem ao menos ter chegado próximo do protagonista do livro, a farsa toma proporções jamais imaginadas deixando Irving cada vez mais enrascado nas mentiras que conta.

O filme tem momentos de comédia, mas é um drama que narra a desventura de uma pessoa para conseguir a qualquer custo ser famosa. O roteiro explora o fato de que uma mentira repetida em exaustão pode virar uma verdade.

O ponto fraco é que em vários momentos a história perde o ritmo, tornando-se monótona. Nesse sentido a falta de interesse do espectador poderá dificultar a compreensão do filme.

“O vigarista do ano” funciona bem devido a sua dupla de protagonistas. Gere, sem a sua marca registrada – os cabelos grisalhos – soube interpretar um Irving vigarista e cativante. Mas é o ótimo Alfred Molina (Dick Susskind) no papel do fiel escudeiro do escritor que se destaca mais uma vez com uma atuação consistente.

Mesmo não sendo um filme memorável em nenhum sentido, é entretenimento garantido para os que gostam de histórias baseadas em fatos reais.

17 comentários:

Nettow disse...

mto fera mano :]

Luiz Brisa disse...

eh bacana
^^

Caio Gomes disse...

richard gere ta parecendo uns 15 anos mais novo nessa foto. deu vontade de ir na locadora baixar esse filme, mas já achei ele aqui na internet pra baixar...

shauhsuahsuha

shoow suas analises, eu baixo os filmes e não me arrependo!

http://deixakieto.blogspot.com/

João Arêas disse...

Boa

Mateus disse...

Gosto muito da interpretação de Richard Gere, mas ainda não assisti esse.
Pelo que me falam, é um filme muito bom, e a história é muito interessante.
Já está na minha lista de filmes para assistir.
Abraço
perplife.blogspot.com

Piolho de Cinema disse...

kkkkk curti filmes, ta falando com a pessoa certa, curti muito sua análise do filme e também o blog, caso queira conhecer o meu é so clicar no meu nick

RUANNA disse...

Verei, Richard Gere é muito bom!

Pedro Sombra disse...

Este filme está na minha lista de filmes, mas está longe, beeem longe do topo, confesso. Ultimamente eu tenho assistido mais aos clássicos... cê sabe, O Poderoso Chefão, Touro Indomável, Taxi Driver, Blade Runner... enfim, os que realmente SÃO memoráveis, mas valeu pela dica!

http://coolercheio.blogspot.com/

greg disse...

mto boa a analise!!
sucesso
http://naosentindo.blogspot.com/

Flor Tulipa disse...

Hum vou assistir parece ser muito bom mesmo!
beijokas tulipais

Euzer Lopes disse...

Não sei se eu fui envolvido pelo filme que se houve momentos de narrativa arrastada, eu devo ter entendido aquilo como "tempo para respirar", porque a trama é deliciosamente envolvente.

Macaco Pipi disse...

filmaaaoo!

Charles K. disse...

Richard Gere sempre faz filmes bons, esse apesar de você ter citado que parece ser em certos momentos desinteressaste, eu vou aluga-lo para assistir.

jaka disse...

ja vi algumas vezes, eh um bom filme.

fael_blogger disse...

assistirei com toda a certeza , bela critica , parabens

Karla Hack disse...

è um filme bem interessante de se ver, já que a história é muito boa... Confesso que gostei do desfecho e da atuação do Richard Gere...
Com certeza uma Boa Pedida!!
;D

Nettow disse...

:] mto bom