Pular para o conteúdo principal

Um bom ano

Max Skinner (Russell Crowe) é um investidor inglês sem muitos escrúpulos que vive somente para ganhar cada vez mais dinheiro. Quando seu tio Henry (Albert Finney), seu parente mais próximo, morre, ele herda sua vinícola na França. Quando viaja ao local para ajustar detalhes a fim de vendê-lo, Max acaba passando uma temporada no local, deixando-se seduzir pelo inebriante clima francês e as lembranças de sua infância.

“Um Bom Ano” é uma história simpática, mas sem ritmo algum. Sem conseguir se definir entre a comédia, o drama e o romance a produção se perde. Totalmente previsível, abusando dos clichês, ainda conta com Russel Crowe tentando ser engraçado, não conseguindo achar o tom do seu personagem. Um desperdício.

As cenas cômicas são ingênuas e não combinam com a produção. O momento pastelão de dentro da piscina não consegue arrancar seque um sorriso do espectador. A aceleração da cena do carro em torno de uma praça nos faz pensar que houve um erro durante o processo de gravação.

Para salvar o filme, apenas a bela fotografia e a trilha sonora. Uma história água com açúcar que se encaixaria perfeitamente na Sessão da Tarde.

Comentários

De filme Sessão da Tarde já tive demais. Mas numa quarta-feira de chuva até que é bacana deitar e assistir.

Abraço!

http://anpulheta.blogspot.com
. disse…
Fiquei sabendo que é muito bom msm!

http://tafaltandoar.blogspot.com
Os 10 mais inteligentes personagens de seriados
Mari Bo disse…
Cara... eu gosto desse filme! Piegas e clichê até a morte, admito, mas é legalzinho.
Lily disse…
Ixe. Vou assitir só pra ver... Mas sem nem um pouco de animação.
Huahuahua. Deve ser aqueles filmes sem muita história e que dão voltas e voltas, sem ter nenhum rumo concreto.
Valeu pelo comentário no meu blog. Volte sempre! :)
Sinto-me feliz por não ser a única a não ter Twitter. :D

Beijos
http://imbreathingunderwater.blogspot.com/
BlacK SnaKe disse…
pelo visto esse filme ai numa sessão da tarde nem valeria muito, ainda prefiro mais um lago Azul hehehe..
legal teu blog.. fala bastante sobre varios assuntos em geral, com um toque de opinião formada e bem diferente! bacana!
Pontes disse…
O filme só vale pela atuação do Russell Crowe, porque a história não encanta nem um pouco.

Filme maçante, lento e sem um um enredo cativante.
Luiza Shaddix disse…
quando li no começo eu pensei assim: NOSSA VO VER ESSE FILME, mais quando vc falou no final fikei pensando q deve ta cheio de erros :S mesmo assim ainda kero ver :D, abraços :*
Sunshine # disse…
bom resumo do filme... fiquei interresada em assistir...
Oi Fabiano, muito boas as suas resenhas dos filmes, é bom para os filmólogos como eu que amam uma pipoquinha e um bom ou não tão bom filme nas tardes de domingo ou até mesmo sábado anoite, porque não!

Vou ver esse ai...

bjos
Trujillo disse…
Olah Fabiano. Olha, nao fiquei instigado a assisitir esse filme depois que li varias criticas. No entanto nao eh de se estranhar que filmes assom facam um certo sucesso. Mesmo insoso as pessoas ainda clamam por um romance.

Vamos esperar esse passar na sessao da tarde, nao?! rs
Abrcs,
Trujillo
http://rumosritmosrelatos.blogspot.com/
ruanna disse…
. disse...

Fiquei sabendo que é muito bom msm!

http://tafaltandoar.blogspot.com
Os 10 mais inteligentes personagens de seriados

EURI DESSE COMENTÁRIO, QUE FAIL. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Bom, não verei ese filme.
Fabiano disse…
pois é ruanna...
isso que dá comentar sem ler... é cada um... hehehehe...
ZUMBIE DOLL disse…
um ótimo filme,bem gostoso realmente de se assistir, eu pessoalmente gosto do humor não tão apelativo do filme.

http://bonecozumbie.blogspot.com/
Mayara disse…
Poxa, quando vi a capa do filme aqui no blog, parecia ser muito bom e bonito *-*
Não gosto muito de filme água com açúcar, acho meio enjoativo, mas só vendo mesmo pra saber se gosto ou não. Até por que, cenas clichês me fazem rir, .-.
Bom blog.
Menino Laranja disse…
Haha! Melhor do que ir até o comércio ver sinopse; é olhar o seu Blog de graça, e em casa! :}
Boa sorte, e...
Vou Xeretar mais pra procurar algum que eu goste. :} .V,,
Goodluck!
Gui disse…
nao parecece ser ruim.. irei ver qnd possivel.. ^^
luiz scalercio disse…
gostei muito do
filme recomendo que
nao viu vale apena ver
vai gostar.
Nicelle Almeida disse…
Ainda não assisti este filme, mas já ouvi ótimos comentários! Adoro assistir bons filmes. Nada como um ótimo roteiro e uma trama fantástica =)
Em meu blog tb tem alguns comentários de filmes. Veja se vc gosta. Me visita =)
www.nicellealmeida.blogspot.com
Um forte abraço!
Nicelle Almeida disse…
Obrigada por ter ido me visitar...mas, espero que n seja apenas desta vez. Vou seguir o seu espaço, se puder, me segue tb, tá bom?
Um forte abraço.
www.nicellealmeida.blogspot.com
Buba disse…
Num curti muito o filme nao...sei la axo q é pq eu nao curto filme desse tipo...
Bom blog
Parabens...
Flor Tulipa disse…
Eu ouvir falar desse filme e mim parece ser otimo mesmo!
Parabéns pelo teu blog muito massa
beijokas Tulipais
Erlanea Lopes disse…
Ainda não assistir esse filme mas vou assistir agora !
Gabi puppe disse…
eu assistir esse filme uma vez. fiquei até tarde assistindo.
rsrsrsrs
Mas gostei..
a cena da piscina é fofinha (ausuashuahsua)
e tem uma frase bem legal que não lembro agora.
( eu acho que é na cena da piscina).
Enfim. Sem contar que é francê. *__*
Sergio disse…
Desculpe Fabiano, estranhei muito seus comentários. Sou bastante exigente com filmes e achei Um Bom Ano um filme delicioso, divertido que mexe com a gente pois coloca em confronto nosso estilo de vida baseado somente no trabalho e na aquisição de bens. Eu sei que cada um tem sua opinião mas dessa forma você influencia muita gente a desistir de ver esse filme muito bom. Um abraço.
Marja disse…
Realamente o filme um Bom Ano, não é para qualquer um , é preciso ter a sensibilidade de apreciar a Provence( o que o filme retrata muito bem) e mais poder imagnar o sabor e o aroma de excelentes vinhos junto com uma linda história de amor.

Realmente sensibilidade não é para todos!!!!
Tania disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Tania disse…
Quem disse que para assistir a um bom filme é preciso rir, ficar tenso, atemorizado ou chorar na frente da telinha? O filme é gostoso de assistir e chega a dar água na boca de vontade de provar um bom vinho francês e viver numa vinícola. As histórias simples também são boas.Adorei e assisto todas as vezes que passa.
Hector Zanardo disse…
Um bom ano trata-se de um filme que faz vc refletir sobre o que realmente importa na sua vida e por mais que vc ache que entende o que tem valor ou nao,se surpreendera como as coisas mais discretas (como suas lembrancas) pode lhe despertar.
Acredito que para alguem fazer algum tipo de critica sobre o filme primeira tente ver o que ele tenta passar,pra depois sim fazer alguem tipo de comentario coerente e principalmente INTELIGENTE!!!
quanto ao russe crow pra mim ele sacrementou o excepcional ator que ele é nesse filme.
Le Coin Perdu disse…
Quem escreveu esta sinopse só pode gostar de filmes de terror, pois o filme é maravilhoso. Só é preciso ter repertório, ou melhor, inteligência e sensibilidade. Pura beleza traduzida em palavras (do Tio Henry), e imagens (linda Provence). Vale muito assistir e se emocionar. Nota zero para os comentários sem fundamentos, pois não se deram ao trabalho de ver. A Beleza não é mesmo para qualquer um.
Olivia Cruz disse…
Acho que Um Bom Ano é incrível, adorei o trabalho de Russell Crowe em este filme. Este ator nos deixa outro projeto de qualidade, de todas as suas filmografias Dois Caras Legais é a que eu mais gostei, acho que deve ser a grande variedade de talentos. A chave do sucesso é o bem que esta contada a historia e a trilha sonora, enfim, um dos meus preferidos.

Postagens mais visitadas deste blog

Jump Fit x Power Jump

Sou professor capacitado do Jump Fit desde 2003. Acompanhei durante esses 07 anos todas as transformações e melhorias que foram necessárias para manter o sucesso da modalidade. Nesse meio tempo, outros programas similares também foram criados provocando uma concorrência nesse segmento no mercado do fitness.
Há poucos dias um colega de profissão me convidou para fazer uma aula de Power Jump da empresa Body Systems. Já tinha ouvido falar do programa, mas nunca havia participado de uma aula. Meu contato com o Jump sempre foi com a Fit-Pró, pioneira no Brasil com esse tipo de modalidade.
Basicamente a estrutura das aulas são similares. A diferença está na forma como é realizado o aquecimento, nas pausas entre coreografias e na duração de algumas músicas. Não tive acesso ao material didático da Body Systems, porém conversei com o professor e as considerações feitas pelo mesmo me permitem fazer as minhas a respeito dos programas.
Nas aulas de Jump Fit existe uma música inteira dedicada ao aque…

Programas de qualidade na TV brasileira

A TV aberta no Brasil passa por um momento onde programa de conteúdo é cada vez mais raridade na programação. Devido ao trabalho acompanho vejo TV com mais frequência à noite e eventualmente nos finais de semana, porém prefiro acompanhar a programação dos canais fechados.
Mas como nem tudo está perdido, dou a dica de cinco programas que na minha modesta opinião vale a pena acompanhar:
1 – Profissão Repórter (Globo – 3ª feira): Uma equipe de jovens jornalistas sob o comando de Caco Barcellos, consegue levar coberturas sólidas em diferentes ângulos de uma mesma notícia. Com maestria o veterano jornalista consegue destacar o processo de profissionalização de jovens recém-formados em cada etapa da matéria, aprendendo na prática a elaborar a reportagem, desde a apuração até a edição final.

2 – A Grande Família (Globo – 5ª feira): Com um texto de primeira linha e um grupo de atores do mais alto gabarito o programa retrata de forma engraçada situações rotineiras de uma família de classe média. …

Valentin

Com pais ausentes e um ambiente familiar conturbado, Valentin é um menino imaginativo, cujo maior sonho é ser uma criança comum, com uma família de verdade. Enquanto tenta consertar as falhas em seu mundo, ele será capaz de trazer alegria, sabedoria e até mesmo romance aos adultos que o cercam.
“Valentin” é um dos filmes mais encantadores que assisti. A história nos emociona do início ao fim. Um drama inocente e cheio de esperança que ficou muito bem narrado por uma criança.
Rodrigo Noya, o protagonista, nos cativa pela sua sensibilidade e inteligência, longe de ser uma daquelas crianças prodígio chatas. O menino é um escândalo de tão bom. Valentin pode ser vesgo e usar óculos fundo de garrafa, mas enxerga perfeitamente o ponto fraco da maioria dos adultos que o cercam.
Outro ponto forte é a química entre os atores. Perfeitos dentro dos seus papéis. Destaque para Carmen Maura, como sempre brilhante em tudo que faz. Elenco nota 10.
Cinema argentino, leve, sensível e de excelente qualidade…